sexta-feira, outubro 18, 2013

Momento de Reflexão » Um Devoto


Ser devoto não é ser submisso, nem sequer ser mandado para tudo fazer. Ser devoto não é ser prestável ou ser serviçal para com todos. Ser devoto nem sequer é ser humilde como conhecem a Humildade.
Um devoto é um seguidor do seu Mestre, da sua Fé do seu Caminho. É íntegro com o todo, com o que aprende e pratica, é íntegro consigo.

Para um Devoto não há espaço para revoltas ou clemências sem sentido.
Um Devoto Age como um Devocional, livre dentro de si. Ciente dos seus passos e do que o movimenta, ele está onde é preciso estar.
Um Devoto em verdade tem de o ser primeiro que tudo em si, pois só assim o será do seu Mestre. De outro modo será novamente uma “fachada”, uma falsa entrega, submissa, que mais cedo ou mais tarde gera revolta e afastamento.

Um devoto torna-se leve como uma pluma para seguir os passos do seu Mestre. A disciplina é emergente num devocional que se entrega a si mesmo e não ao externo. Pode aos olhos humanos não ser visível, mas aos olhos do Pai, será. O compromisso é para consigo mesmo, sempre terá de o ser, pois o mestre não precisa de bajulo que o demonstre porque reconhece o que preenche o coração e a Alma do seu devoto.

Um Devoto Supera-se sendo Devocional no seu caminho, ao seu caminho, a si e ao seu Mestre, em Amor, Verdade e em Luz. Quando o sentires de outra forma diferente da que sentes Hoje, saberás do que falo.

Até lá caminha, não percas a determinação no caminho pois perderás, não a determinação pelo teu Mestre, mas por ti Mesmo!
Não te atormentes por ainda não estares lá… Motiva-te para permaneceres no caminho... Chegar é só uma etapa... Importa avançar e tu és capaz de o fazer!

Acredita, Devoto!

CMS

Sem comentários: