sexta-feira, junho 07, 2013

Momento de Reflexão » Sofrimento




No sofrimento não existe nada… A não ser a vergonha de o sentir, mas é algo quase escondido. O ser acredita tanto no sofrimento que o não senti-lo é embaraçoso… 

A vida sem sofrimento parece não ter cor para o sofredor, mas o lamento de o ter, torna-a cinzenta. Não há qualquer cor ali, nem sequer branco ou o preto…É cinzento.

A energia que sustenta o sofrimento é corrosiva pelo desgaste que emana, provoca e perpetua. De nada tem essa energia que seja semeador, o único fruto que aí é produzido é o próprio sofrimento, aqui se perpetua apenas com mais sofrimento.

A dor é mental. O sofrimento é emocional.

Quantas vezes mesmo sem dor, se sofre?! Quantas vezes mesmo sem qualquer ferimento ou escara se sofre?! A energia emocional é geradora de ilusão e essa ilusão/sonho cria imagens mentais, por consequência, que são intemporais e fixas no interno de cada HOMEM.
Sem uma Mão Divina o HOMEM jamais sairia desse estado emocional em que se padece, onde o queixume é quase inato como uma raiz que nasce pelo cordão umbilical aquando da gestação do feto.

Isto porque são gerações e gerações, milhares e milhares de plantações dessa raiz que só frutifica um mesmo padrão de alimento – SOFRIMENTO.

Sofre-se porque se tem,
sofre-se porque não se tem,
sofre-se porque se faz (se corre mal),
sofre-se porque não se faz (quando se vê que ao outro correu bem),
sofre-se pela dor do outro seja visível ou não,
sofre-se pela sua dor e não-dor para que o outro tenha atenção sobre si.
Sofre-se porque tudo lhe acontece, e porque nada lhe acontece (só ao outro),
Mas não se pára para pensar que tudo tem um ensinamento, que tudo tem uma razão e um sentido e que o maior causador do seu estado é ele mesmo… O que Sofre.

Assim é em tudo na vida humana, assim caminha o HOMEM há milénios.
Assim tem sido, mas tudo pode mudar...

CMS

terça-feira, junho 04, 2013

Momento de Reflexão » Onde Me Encontro



Onde tu fores eu irei 
Onde tu estiveres eu estarei,
Porque dentro de ti é onde Me encontro.

Onde sorrires, sorrirei contigo,
Quem abraçares, abraçá-lo-ei,
Porque dentro de ti é onde Me encontro.

Onde falares em meu nome, falarei contigo,
Quem te injuriar de Mim falará,
Porque dentro de ti é onde Me encontro.

Que não te perturbe ou amedronte como o outro te vê
Que não caias aos pés das pobres mentes doentes
Que não te rendas à evidência do ilusório e perene,
Pois que de pouco pão sagrado vive o Homem nesta Terra
Mas antes do pão fortuito e fácil se alimenta.

Pois dento de ti é onde Me encontro
E aí ninguém te pode tocar,
não deixes porém que tu mesmo te desmorones.

Onde caminhares, caminharei contigo,
Onde levares o Amor que até Mim te trouxe, é certo Irei contigo,
Pois dentro de ti é onde Me encontro.

Muito pouco te é pedido, além de Acreditares… Em ti,
Pois aí… Estaremos Juntos em Unidade!

CMS