terça-feira, abril 14, 2009

O Arco-Íris / The Rainbow


No desepero da tua Alma percorres todas as vielas sem parar,
à procura daquilo que mais anseias.
Desesperas de tanto procurar e sentes-te infeliz nessa procura incessante.
Bloqueias pelo teu próprio cansaço, perdes a tua vida, a tua essência,
a vida já não tem interesse para ti, perdeu a cor.

Sabes, o arco-íris existe sempre faça sol ou chuva,
basta tu olhares profundamente dentro do teu Ser.
Sei que nem sempre é fácil.
O cansaço deixou-te sem energia mas acredita que basta não desistires de ti,
acreditares que o arco-íris nunca deixou de existir.
Ele está sempre a dar cor ao teu Universo.

Acredita!
Celeste Simões



In your Soul's despair you run through all the alleys, endlessly searching for your deepest aspiration.
You despair and you feel sorrowful in that endless search.
Your own tiredness blocks you out, you loose your life, your essence, life has no meaning, lost it's colour.

You know, the rainbow is allways there, on sunny ou rainy days, all you need is to look deep into YourSelf.
I know it's not allways easy.
Tiredness left you without energy but believe that all you need is not to give up of yourself, believe that the rainwbow never ceased to exist.
It is always colouring your Universe.

Belive!

Celeste Simões

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

A Distância / Distance


Distância não existe em verdade, só o relógio mental
é que te dá a ideia do tempo.
O tempo que te limita, que te controla e manipula.

Se deixares de viver nesse padrão respeitando sempre o tempo
em que estás inserido, verás que não existe de facto a distância.

Tudo está ao teu lado, tudo existe.

O amor que sempre procuraste está ao teu lado.

A tranquilidade está ao teu lado.

A tua luz sempre te acompanhou.

Deixa que a distância deixe de existir na tua vida
para poderes estar e sentir-te mais perto de ti,
da tua verdade,
da tua luz.

Celeste Simões




Distance doesn´t exist, only the mental clock
gives you notion of time.
Time that limits, control and manipulates you.

If you cease to live in that pattern, always respecting the 
time where you are in,
You'll see that in fact there is no distance.

Everything is by yourside, everything exists.

The Love you have always searched for, is by your side.

Quietness is by your side.

Your light has always been with you.

Let distance cease to exist in your life
So that you may be and feel closer to yourself,
To your truth,
To your light.


Celeste Simões

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Acredita em Ti / Believe in You


Nesse caminho que tens à tua frente e que o tens de percorrer,
Só será difícil se tu não acreditares em ti, na tua capacidade,
Na tua força, na tua divindade.
Nesse caminho tantas vezes com mais espinhos
Do que pétalas de rosa,
Tu enfraqueces, paras, queres desistir e tantas vezes o fazes
Que o aparecimento de mais espinhos dá-se
E o caminho torna-se mais difícil.
Resolução, tu tem-na ao teu alcance. Como?!
Acreditares em ti, deixares de pensar que há superiores a ti,
Semi-deuses, mestres espirituais, avatares.
Tudo existe, é verdade, não fizesse o nosso Criador
Todos à sua imagem.
Por isso é urgente que os espinhos do teu caminho
Sejam, a pouco e pouco retirados para dar lugar às pétalas.
Só é possível esse trabalho se tu começares a ver-te como um igual
A todos os que tu veneraste, adoraste.
O teu caminho não é difícil, tu só o tornas difícil
Ao esqueceres que tu existes.
No teu caminho tudo é possível porque tu és capaz de o tornar fácil.


Celeste Simões


On the path that lays in front of you and that you must walk,
It will only be difficult if you don´t believe in yourself, in your ability,
In your strength, in you divinity.

In that path so many times with more spines
then rose petals,
You weaken, stop, want to give up and so many times you do it
That more and more spines arise
And the path becomes harder.
Solution? You have it within your reach. How?!
Believe in yourself, stop thinking that others are more then you,
Semi-gods, spiritual masters, avatars.
Everything exists, it´s true, as Creator made us all at His image.
So, it is urgent that the spines on your path are, one by one, removed and replaced by petals.
That work is only possible if you start to see yourself as an equal
To all of those you venerate and worshiped.
Your path is not difficult, you make it difficult
By forgetting that you exist.
In your path everything is possible because you are capable to make it easy.


Celeste Simões